Publicado por: Nuno Gouveia | Abril 7, 2008

Mark Penn demite-se

Mark Penn, uma figura incontornável da candidatura de Hillary Clinton, demitiu-se da posição que ocupava, como chief campaign strategist. Esta notícia surgiu depois das críticas que sofreu pelos contactos estabelecidos em nome da sua agência de Relações Públicas (Burston-Marsteller) com o governo colombiano. Neste encontro, Penn terá debatido a questão do acordo livre na Embaixada da Colômbia nos Estados Unidos. Hillary tinha criticado publicamente o acordo que está a ser negociado entre os dois países. Vários apoiantes de Hillary Clinton, nomeadamente o governador da Pennsylvania, Ed Rendell, tinham pedido a demissão de Penn.

No mês passado, antes da primária do Ohio, Barack Obama foi duramente atacado pelos seus adversários sobre uma alegada conversa entre um apoiante seu e responsáveis pelo governo canadiano sobre a Nafta.

Esta é a segunda vez, num curto espaço de tempo, que a campanha da senadora de Nova Iorque é abalada por mudanças ao nível de topo da sua candidatura. Depois das derrotas do Potomac, Patti Solis Doyle, foi demitida do cargo de Campaign Manager

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: