Publicado por: Nuno Gouveia | Abril 14, 2008

Pennsylvania – Sondagem

A primeira sondagem conduzida depois das polémicas declarações de Obama não é nada positiva para as sua aspirações. Recordo que as últimas semanas tinham sido de recuperação para Obama no estado da Pennsylvania, tendo mesmo havido quem falasse na possibilidade de derrotar Hillary Clinton.

Na sondagem realizada pela American Research Group, na sexta, sábado e domingo, Obama surge com 37% e Hillary com 57%. Uma semana antes, uma sondagem da mesma empresa deu um empate com 45%. É cedo para dar credibilidade a estes números. Esperemos pelos próximos dias para ver se as consequências desta polémica serão assim tão devastadores para Obama. Talvez não, mas a verdade é que a maioria dos americanos ficou desagradada com as declarações de Obama. Segundo esta sondagem da Rasmussen, 56% discordam delas, enquanto apenas 25% deram o seu apoio a Obama. Sinal de desconexão com o povo americano?


Responses

  1. É de esperar uma descida nas sondagens nesta semana, claro, devido à grande exploração mediática do “Bittergate”… Mas acho que o Nuno faz muito bem em relativizar esta sondagem em particular.

    Há três problemas essenciais:
    a ARG é das empresas menos fiáveis (recordar os desastres este ano no Wisconsin, a dar a vitória a Hillary que perdeu por quase 20 pontos…);
    a sondagem foi feita entre sexta e domingo, com todos os inconvenientes inerentes a um estudo de opinião desse género (no Pollster fala-se e bem desse problema);
    outras sondagens elaboradas apenas alguns dias antes dão bons resultados a Obama.

    Mas não me surpreenderia se as sondagens esta semana voltassem a mostrar diferenças na ordem dos 15-20 pontos… Um abraço!

  2. Este assunto não vai morrer tão cedo.. É de esperar que vá continuar a ocupar os media durante mais alguns dias. E concordo que a ARG é das menos fiáveis. Na semana passada dava empate entre os candidatos, quando a maioria dava uma vantagem de 6%, 7% a Clinton. Vamos então aguardar por mais sondagens, para ver se esta tendência vai manter-se.

    A verdade é uma: Clinton é que precisa de ganhar na Penssylvania, e com larga vantagem. Obama apenas precisa de perder por poucos…

  3. “Este assunto não vai morrer tão cedo.. ”

    Acho que vai depender do resultado da Pensilvania, e sobretudo das zonas operárias. Se Obama tiver um mau resultado, a questão vai-se manter.

    Se (contra o que parece mais provável pelas sondagens) Obama tivesse um bom resultado, o assunto morria (afinal, não faria sentido dizer que Obama despreza os trabalhadores se eles não se sentissem desprezados).

  4. Caro Miguel,

    Concordo com o que diz. Se Obama tiver um bom resultado (neste momento é perder poucos), o assunto morre. Claro que pode sempre surgir outra polémica, e esta acaba por desaparecer…


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: