Publicado por: Nuno Gouveia | Junho 2, 2008

Decisões de fim-de-semana

Com a decisão de Washington, os delegados dos estados do Michigan e Florida vão ter todos lugar na Convenção de Denver, mas com apenas 50 por cento dos votos. O novo número para atingir a nomeação é 2118. Segundo a contagem do RCP, Barack Obama tem 2068 delegados e Hillary Clinton 1914. Na próxima terça-feira serão eleitos 31 delegados, faltando ainda 190 Superdelegados declararem o seu apoio.

Se fizermos as contas, Obama está a 50 delegados da nomeação, e sendo espectável que tenha pelo menos 15 nas primárias do Montana e Dakota do Sul (espera-se que vença ambas), apenas irá precisar de 35 Superdelegados.

Apesar de Hillary Clinton ter obtido três vitórias, como referiu e bem P. Lourenço neste comentário, esta corrida está perdida. Resta-lhe a questão do voto popular, se bem que é bem improvável que vá ficar à frente. Foram umas primárias fantásticas, mas estão terminadas. Já temos nome de vencedor. Faltará apenas saber de que forma Hillary Clinton irá sair da corrida. Especulava-se que estaria a preparar um grande discurso em Nova Iorque, onde anunciaria o apoio a Obama. Mas depois das suas declarações de ontem, duvido muito que vá já abdicar.

Advertisements

Responses

  1. Bill Clinton acaba de dizer que a corrida está a chegar ao fim

  2. a propósito do que foi escrito nos comentarios ao post anterior, mas também relativamente a este post, à um rol bastante grande de incentivos que
    os “eleitores” de hillary estão a receber para votar em mccain:

    os media levarem Obama ao colo de uma forma que até irritaria um santo;

    o modo como os apoiantes de Obama tratam a própria Hillary que aparece como o diabo, a face do mal, que teima em impedir o afirmação triunfal de Obama, esquecendo-se o que é a democracia;

    o facto de o “negro” em obama ser considerado uma vantagem (à muita gente que pensa que os negros votam nele por causa das suas ideias e não por razões racistas – alguém acredita que se Obama fosse branco estava onde está? – e muitos “progressistas” que só pelo facto de ele ser negro acham um “avanço”) e o “mulher” em Clinton ter sido sempre relativizado ( interessante ver como se alguém diz que votaria em clinton por ela ser “mulher” é criticado mas ninguém critica o facto de os negros votarem em Obama por ele ser negro – pelo contrário, é logo acusado de racismo);

    o convite que é feito aos eleitores da florida e do michigan a votar em todos menos em Obama a partir do momento em que Obama não faz tudo o que está ao seu alcance para que esses votos contem – não estou com isto a dizer que se fosse Hillary a ter desvantagem com isso não faria o mesmo – mas as coisas são o que são e na hora de escolher, de tampa a miami, ninguém se esquece disso.

    etc
    etc
    etc

    depois, por cá, os mesmos de sempre, vão dizer que os americanos são “burros” por não elegerem o “salvador” Obama e insistirem no “erro” republicano.

    o costume.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: