Publicado por: Nuno Gouveia | Junho 12, 2008

Sondagens Nacionais

Jeffrey Toobin dizia que o candidato que vai à frente em Junho ganha sempre, exceptuando quando o que vai atrás ganha. A cinco meses das eleições gerais, as sondagens pouco dizem em relação ao vencedor de Novembro. Não será preciso recordar que por esta altura, Michael Dukakis, George H. Bush em 1992 e John Kerry lideravam confortavelmente as sondagens.

Barack Obama está à frente em todas as sondagens que saíram na última semana, o que é normal depois de ter obtido a nomeação na semana passada. Mas a curta diferença que existe, apesar de ser espectável que aumente nas próximas semanas, diz-nos que estas eleições vão ser muito disputadas. As duas tracking polls indicam que Obama está a subir. Na Gallup Obama tem 48 contra 42 de Mccain, enquanto na Rasmussen lidera com 49 contra 44. Ontem foi também publicada uma sondagem da NBC/WSJ que coloca Obama com 47% e Mccain com 41%.

Advertisements

Responses

  1. Caro Nuno, como sabes eu partilho da tua ponderação relativamente a sondagens nesta fase. Acho que é a atitude correcta: prudência e relativização. Cinco meses em política é uma eternidade.

    Isto não quer dizer que as sondagens não devam ser tidas em conta; elas são obviamente importantes indicadores e, nesta altura, devem preocupar bastante McCain – essencialmente por dois motivos:

    1) A “unanimidade”. Todas as sondagens recentes dão Obama à frente, revelando uma tendência geral clara. É cedo, mas é um dado que McCain deve tomar em consideração.

    2) As sondagens feitas ao nível dos Estados passam mais despercebidas mas são relevantes. E olhem os últimos resultados: Nova Jérsia: Obama +6; Wisconsin: Obama +13; Iowa: Obama +7; Michigan: Obama +3.

    Estamos a falar de quatro “battleground states”, e em todos Obama aparece com margens interessantes (o resultado no Wisconsin é especialmente surpreendente). Mais uma vez, são elementos que devemos interpretar com prudência, mas McCain cometeria um grave erro se não reconhecesse os sinais transmitidos por estes dados.

    Abraço a todos!

  2. Nuno, desculpa, a pesquisa NBC/WSJ teve seus dados coletados entre os dias 6 e 9, antes, portanto, da saída de Hillary. Gallup entrevistou entre os dias 8 e 10. A tendência, portanto é aumentar a diferença. Só um desastre tira esta eleição de Obama. Desastre grande!!!

  3. Caro JGA,

    Evidente que Mccain não pode estar satisfeito com estas sondagens. Mas já era esperado Barack Obama ganhar agora uma enorme vantagem nas sondagens. E é natural que ganhe um “boom” nacional, bem como alguns dos battleground states… As sondagens do Wisconsin podem significar que afinal poderá não estar em perigo para os Dems, que venceram lá em 2000 e 2004.

    Caro Lúcio,

    Barack Obama é o favorito a vencer em Novembro. Parece-me evidente. Mas tomar isso como um facto consumado é exagerado. Basta analisar as actuais sondagens, e mais do que isso, o historial das eleições americanas nos últimos 50 anos. Não há vencedores antecipados em Junho.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: