Publicado por: Nuno Gouveia | Julho 25, 2008

Obama, cidadão do mundo

Obama cumpriu ontem a sua etapa mais importante do tour internacional, ao discursar para milhares de pessoas em Berlim. Não sei se eram 100 ou 200 mil pessoas, como vi em diferentes jornais, mas a verdade é que o Senador do Illinois fez aquilo que nunca foi visto na história: um candidato reuniu milhares de apoiantes num país estrangeiro. Isso ainda é mais relevante quando este candidato é americano, e nos últimos anos, a Europa foi varrida por um sentimento anti-americano, que se depreende que talvez tenha sido apenas anti-Bush.

Numa Europa em crise, Obama é encarado como um salvador. Não apenas da relação transatlântica, mas também do Iraque, da luta contra o terrorismo, da crise económica, da crise energética e dos problemas ambientais. Exagerado? Talvez, mas as paixões não o são sempre?

A mensagem baseou-se na descrição duma liderança mundial sob a égide de uma Administração Obama. Apelou a um entendimento entre americanos e europeus na luta contra o terrorismo, na pobreza e as alterações climáticas. Reforçou o pedido anterior de mais soldados europeus no Afeganistão e ainda a necessidade de paz no Médio Oriente. Uma das poucas novidades do discurso de Obama parece ser a sua disposição para libertar o mundo de armas nucleares.

O seu discurso não foi muito diferente do habitual, com recursos vários às suas frases de ordem, como “Yes We Can” ou “This is our moment” e mencionou diversas vezes os seus temas preferidos, como unidade, esperança e mudança. Foi um bom discurso, mas não distinto do que lhe temos escutado nesta campanha. Relembrou que Berlim representou um ponto central na luta contra o comunismo, e abordou abertamente a importância que os Estados Unidos tiveram para o reerguer da Europa pós guerra, nomeadamente através do Plano Marshall. O muro de Berlim também não foi esquecido, relembrando a importância da liberdade na política externa americana, e pediu unidade ao mundo para deitar abaixo outros muros que ainda persistem, como o que divide os ricos e pobres, raças e tribos, cristãos e muçulmanos e judeus. Sem nunca criticar a Administração Bush, Obama admitiu que o seu país cometeu alguns erros no passado, e prometeu melhorar o posicionamento dos Estados Unidos no mundo.

Este discurso ambicionou criar o efeito dos famosos discursos de Presidentes dos Estados Unidos em Berlim, John Kennedy em 1963, com “Ich Bin Ein Berliner” e Ronald Reagan em 1987, com “Mr. Gorbachev, Tear Down This Wall”. Nos próximos tempos veremos se Barack Obama conseguiu melhorar nas sondagens, que indicam que John Mccain é o mais apto para ser Comandante em Chefe. A sua imagem internacional, essa é que terá subido em flecha. Ainda mais!

Gostava de realçar que Obama já conseguiu colocar no coração da Europa bandeirinhas americanas a ser abanadas, numa manifestação de milhares de pessoas. Para quem admira os Estados Unidos só pode sentir-se satisfeito, independentemente se prefere Mccain ou Obama na Casa Branca. Obama colocou a América novamente na moda. Pode ainda não ter ganho um Presidente negro, mas já tem um novo rock star.

Resposta de Mccain

O porta-voz de Mccain, Tucker Bounds, respondeu desta forma ao discurso:

“Enquanto Barack Obama deu uma volta de consagração prematura no coração de Berlim, proclamando-se cidadão do mundo, John Mccain continuou a apresentar o seu projecto aos cidadãos americanos, que vão decidir esta eleição. Barack Obama ofereceu um eloquente elogio ao seu país, mas o contraste é óbvio. John Mccain dedicou a sua vida a servir, melhorar e proteger a América. Barack Obama passou a tarde a falar dele”.

Obama declarou-se cidadão do mundo. Veremos se isso será explorado pelos republicanos nos próximos dias. O patriotismo tem sido um dos temas fundamentais de Obama, precisamente pelos ataques que sofreu durante as primárias.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: