Publicado por: Nuno Gouveia | Julho 28, 2008

Faltam 100 dias

Barack Obama ou John Mccain. Depois de quase dois anos na estrada, disputando os votos necessários para atingir o número mágico dos 268 votos do colégio eleitoral, um dos dois vai ser eleito Presidente nos Estados Unidos no próximo dia 4 de Novembro.

Barack Obama está em campanha desde Outubro de 2006, quando confidenciou numa entrevista no Meet the Press, que estaria a considerar uma candidatura à nomeação democrata. Na verdade, a sua ascensão meteórica começou na noite do seu discurso na Convenção Democrata de 2004, quando arrebatou a América e o mundo com a sua empolgante prestação. Depois da sua fácil eleição para o Senado em 2004, uma candidatura presidencial seria apenas uma questão de timing. Muitos pensaram que seria cedo de mais, mas Obama viu uma janela de oportunidade em 2008. E aproveitou-a.

John Mccain está em campanha há mais tempo. Depois da sua tentativa falhada em 2000, nas primárias contra George W. Bush, o senador do Arizona andou meio “perdido” no GOP. Chegou mesmo a ponderar uma mudança de partido. Mas em 2004 optou por apoiar Bush, tendo ido à Convenção Republicana de Nova Iorque mostrar o seu comprometimento em público. A partir daí ficou claro que iria novamente tentar chegar à Casa Branca em 2008. Contra todas as probabilidades, conseguiu mesmo obter a nomeação e, apesar da má forma dos GOP nos Estados Unidos, pode aspirar a suceder ao homem que o derrotou em 2000.

Nas actuais sondagens, nacionais e estaduais, há uma ligeira vantagem para Barack Obama. Mas nada disto pode ser levado muito a sério, pois há quem diga que os americanos apenas começam a olhar com atenção para os candidatos depois das Convenções. Os democratas vão estar reunidos em Denver, entre 25 e 28 de Agosto, enquanto os republicanos terão o seu encontro em Minneapolis – St Paul, entre 1 e 4 de Setembro.

Se até aqui não tem havido descanso, a partir daí, a “guerra” vai ser muito dura, não tenhamos dúvidas. E veremos qual o candidato com mais estofo para chegar à Casa Branca. Obama e Mccain têm-se revelado homens providenciais, derrotando os mais cépticos e os seus próprios pontos fracos. Há um ano atrás, poucos apostariam num duelo Obama-Mccain. Mas ai está ele!

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: