Publicado por: Nuno Gouveia | Agosto 25, 2008

Antevisão da Convenção

Esta Convenção afigura-se de extrema relevância para a campanha de Barack Obama. Se pretende chegar à Casa Branca, terá que começar a ganhar em Denver as eleições. Normalmente, os candidatos dão um “salto” nas sondagens após as convenções, como Bill Clinton em 1992 que subiu mais de 15%. Mas há quatro anos, John Kerry até teve uma leve descida, e foi ultrapassado por George W. Bush.

Obama é um candidato ainda pouco conhecido do grande público norte-americano. Está apenas há três anos no Senador, e surgiu na arena nacional com um extraordinário discurso na convenção de 2004. Esta semana terá que conseguir conectar com o americano comum, mostrando que é um deles. A habilidade de George W. Bush em vencer duas eleições foi precisamente esta ligação que manteve com os americanos. Este primeiro dia da convenção, com discursos da sua esposa, irmã e cunhado servirão para isso mesmo: apresentar à América Barack Obama como um deles. A sua juventude, a sua raça e a sua aura de celebridade podem ser seus inimigos nesta campanha. Deverá lutar para conquistar os moderados e independentes, que estão desejosos por mudança, mas que desconfiam dele. Os democratas estão em alta nos Estados Unidos, mas Obama continua a definhar nas sondagens. Esta convenção deverá assegurar aos americanos que com Obama na Casa Branca podem dormir descansados.

John Mccain também deverá ser “massacrado” nesta convenção. Acredito que os democratas vão usar o tempo de antena para criticar o candidato republicano, provavelmente com a táctica Mccain-terceiro mandato de Bush. Não deverá ser o próprio Obama, mas não tenho dúvidas que Mccain será uma das “estrelas” ausentes desta convenção.

A relação com os Clintons deverá ser outra das preocupações de Obama, mas também são eles que podem garantir o sucesso desta convenção. Hillary irá falar amanhã, e deverá proporcionar um dos melhores momentos desta semana. Ela sabe que não pode ficar com o ónus da derrota de Obama, e por isso, terá de ser convincente a favor do candidato democrata. E na quarta-feira, Bill Clinton irá discursar sobre política externa e segurança nacional. Curiosamente, o antigo presidente não está contente com o tema que lhe calhou. Se conseguirem passar a mensagem que o Partido Democrata está completamente unido em redor de Obama, talvez possam fazer regressar a casa alguns dos “desavindos” de Hillary.

Por fim, a apresentação de um plano diferente e alternativo de John Mccain. Os democratas, e especialmente Barack Obama, são por vezes acusados de não passarem bem a sua mensagem alternativa aos republicanos. O programa de candidatura de Barack Obama na saúde, economia, ambiente, segurança social e politica externa vai ser explanado nesta convenção aos americanos. Veremos se de forma convincente.


Responses

  1. “Obama é um candidato ainda pouco conhecido do grande público norte-americano”.

    Tambem fora no universo democrático, mas esmagou a super conhecida H Clinton , pois a mesma ( e os seus apoiantes) ainda não soube ingerir condignamente esta derrota.

    Que fica bem claro a raça de Obama é Afro-euro-americana, pertencente ao chamado grupo de minoria que será a maioria em 2043, segundo os dados estatísticos projectados recentemente.

  2. Caro José:

    As “minorias” representarão mais de 50% da população em meados do século XXI, mas devido ao aumento exponencial dos hispânicos, pois os negros continuarão a ser 10% do total.

    Ora, as minorias não actuam como um bloco, pois sociológica, cultural e financeiramente pouco têm em comum.

    Entre um descendente de Coreano e um negro nada existe em comum, a não ser não ser WASP.

    Mesmo dentro dos hispânicos, existem muitas diferenças entre os cubanos e os Mexicanos, por exemplo…

    Miguel Direito

  3. A resistência de alguns democratas em votar no OBAMA, é motivada por motivos raciais.A América já não é o que foi na década de 60 do século passado, mas continua a haver gente que não suporta a ideia que na presidência possa um dia estar um negro.E isto passa-se no partido democrata, que parece ser o menos conservador.

  4. My friend Miguel,

    Os irlandeses, os judeus, os italianos , entre ouros eram ditos como «minorias». Mas, hoje não são. Ou seja, a «maioria» também não funciona como um bloco.

    Os portugueses e outros europeus pertencem ainda à «minoraria«, mas amanhã poderão não ser. Ou seja, os referidos conceitos são dinâmicos e elásticos e tendem a convergir.

    Quem assistiu ontem a abertura da Convenção poderá – apetrechados com os indispensáveis instrumentos cognitivos , perceber que os referidos conceitos tornar-se-ão relíquias do passado, com a eleição de Obama , como a escravatura, a desigualdade entre os géneros, a falácia do «Destino Manifesto», etc.

    Ou seja: dar-se-á indício a uma nova dinâmica de mudanças transformadoras benignas sociedade americana.

  5. pequenos lapsos: outros e inícios.

  6. My friend Miguel,

    Os irlandeses, os judeus, os italianos , entre outros eram ditos como minorias. Mas hoje não são. Ou seja, a «maioria» também não funciona como um bloco.

    Os portugueses e outros europeus pertencem ainda à minoraria, mas amanhã poderão não ser. Por conseguinte, os referidos conceitos são dinâmicos e elásticos.

    Quem assistiu ontem a abertura da Convenção poderá – apetrechados com os indispensáveis instrumentos cognitivos -, perceber que os referidos conceitos tornar-se-ão relíquias do passado, com a eleição de Obama , como a escravatura, a desigualdade entre os géneros, a falácia do «Destino Manifesto», etc.
    Ou seja: dar-se-á início a uma nova dinâmica de mudanças transformadoras benignas na sociedade americana e no mundo.

    Alberto Ramos


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: