Publicado por: Nuno Gouveia | Setembro 23, 2008

It´s Not the Economy?

Mark Halperin, jornalista da Time, que mantém um dos espaços mais interessantes sobre estas eleições,  The Page, defende que não será a economia a definir o resultado destas eleições. É um jornalista que escreve com um grau de independência notável, aliada a uma óptima capacidade de análise. Não concordo absolutamente com todos os argumentos de Halperin, mas é um bom ponto de partida para analisar o que poderá influenciar o resultado final.

Ele não inclui o debate de vice-presidentes, mas isso poderá ter um efeito devastador na campanha, caso Palin seja severamente derrotada, ou consiga “bater” Biden. E pode haver surpresas noutros estados que ele não refere, como a Carolina do Norte, Oregon ou Minnesota. Não é provável, mas não é impossível. E infelizmente há um outro factor, que pode ser decisivo nestas eleições: o racismo de alguns eleitores, o factor Bradley.

Segundo ele, o que vai decidir estas eleições são estes 12 factores, por ordem de importância:

1 – Michigan

2. Primeiro Debate

3. Último Debate

4. Percentagem de votantes que acredita que Obama é Muçulmano

5. Colorado, Virgínia, Ohio.

6.Percentagem de eleitores que acredita que os Estados Unidos estão no rumo errado  mas que vão votar em John Mccain

7. A percentagem de eleitores democratas que irão votar em Obama

8. Novo México, Nevada, Wisconsin, New Hampshire, Iowa.

9. A surpresa de Outubro

10. A percepção dos eleitores no dia da eleição sobre quem lidará melhor com a economia

11.O  factor Palin

12. Percentagem de eleitores republicanos que irão votar em Mccain


Responses

  1. Nuno,

    Quando me cruzei com as perguntas de Mark Halperin na web esbocei as respostas que coloquei agora em (http://ovalordasideias.blogspot.com/2008/09/resposta-mark-halperin.html), e que te convido dizeres se concordas. Nota que se há uma ordem nas perguntas, a vantagem que dou a Obama surge nas primeiras.

    Abraço,
    Carlos

  2. Caro Nuno, permita-me uma correcção: o racismo e o efeito Bradley não são a mesma coisa. O racismo é o motivo pelo qual vários eleitores não votarão num candidato negro. Existe seguramente e alguns estudos apontam aliás para valores perto dos 20% em algumas regiões (em todo o caso já seriam tendencialmente votos para os Reps).

    O efeito bradley é outra coisa: pessoas que, com receio de serem acusadas de racismo, mentem nas sondagens dizendo que votam no candidato negro quando na verdade pensam abster-se ou votar no outro candidato. Nas décadas de 80 e 90 este “efeito” tornava as sondagens pouco fidedignas quando negros faziam parte das listas, mas há vários estudos que mostram que a situação mudou. Sugiro que veja os seguintes links (se por acaso não os viu já): http://margensdeerro.blogspot.com/2008/09/sobre-o-bradley-effect-e-outros.html

    Um abraço!

  3. Sim..Não será propriamente racismo, mas é preconceito. Mas a verdade é que as pessoas ao dizerem que votariam num negro para apenas não serem acusadas de racistas denotam alguns problemas com a raça….

    Abraço


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: