Publicado por: Nuno Gouveia | Outubro 6, 2008

Era inevitável…

Nos últimos dias recebemos diversos sinais da campanha de John Mccain que indicam que o tom vai ficar muito negativo nos próximos dias. A verdade é que já era esperado, e depois de alguns meses onde os republicanos estiveram a jogar à defesa, os próximos tempos vão ser de ataque, com muitos anúncios negativos.

Sarah Palin deu o mote este fim de semana, ao referir a ligação entre Barack Obama e Bill Ayers, um membro de um grupo radical nos inícios dos anos 70 que chegou a atacar o Pentágono e o Capitólio. Esta acusação baseia-se nuns alegados encontros que Obama teve com Ayers na década de 90, quando ambos colaboravam na mesma organização. Foi a primeira vez que Obama foi directamente acusado por um republicano de ter ligações com Ayers. Esta história tinha surgido durante as primárias, mas ainda não tinha saltado para os escaparates dos media nacionais durante estas primárias. Quando estive na Convenção Republicana, alguns membros do GOP confessaram-me o seu espanto por esta história não estar a ser explorada pelos seus líderes. E não devemos esquecer o Reverendo Jeremiah Wright, que deve lançar um livro este mês.

Neste momento, e com as sondagens a indicarem uma vantagem relativamente confortável para Obama, o Partido Republicano precisa de mudar o curso desta campanha. Prevejo muitos ataques do RNC, da campanha de Mccain, e principalmente dos famosos grupos 527.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: