Publicado por: Nuno Gouveia | Outubro 16, 2008

O Debate nº3 – Liveblogging

2h02 – Enormes expectativas para esta noite. Será que finalmente vamos assistir a um verdadeiro debate entre os candidatos? Hoje vão estar frente-a-frente, e isso poderá condicionar o comportamento dos intervenientes. Os assuntos focados são meramente internos, portanto a situação económica deverá estar, mais uma vez, no topo da preocupação dos candidatos.

2h03 – Ou seja, todos prometem descida de impostos. Ronald Reagan estaria orgulhoso se estivesse vivo.

2h06 – Mccain inicia o debate num tom muito frágil. Continua a defender a compra de hipotecas por parte do estado. Esta proposta não teve dos especialistas, mas será que os eleitores irão gostar desta proposta?

2h07 – Obama continua no mesmo tom seguido nos anteriores debates. Continua presidenciável. Como se impõe.

2h11 – Joe, the plumber from Ohio – Mccain criticou Obama por sua proposta de aumento de impostos. A verdade é que o candidato democrata tem uma proposta popular, pois pretende cortar impostos em 95% dos cidadãos americanos. Continuo a achar que isto é popular. Mccain teria que demonstrar que ao aumentar os impostos aos 5% mais ricos, isso poderá prejudicar os restantes. Porque ninguém se preocupa que os ricos paguem mais impostos.

2h13 – Barack Obama não pode fazer de Robin Hood nos Estados Unidos. E por isso esta deixa de Mccain é popular. Até ao momento, o debate está a ter mais interacção que os anteriores. E isso é positivo.

2h14 – Boa pergunta de Schiffer. Os candidatos não têm falado totalmente a verdade sobre as suas propostas. A verdade é que não vão ter dinheiro para fazer tudo o que têm prometido.

2h17 – Mccain está forte nesta parte do debate. Consegue demonstrar características de liderança, algo que lhe falhou nos debates anteriores.

2h22 – Finalmente Obama falou em George W. Bush. Demorou muito tempo a relacionar Mccain ao actual presidente. Se esta fase não lhe estava a correr muito bem. Alto. John Mccain teve uma boa deixa:”Senador Obama, não sou o George W. Bush. Se quisesse se candidatar contra o presidente Bush, devia tê-lo feito há quatro anos”. Esta foi muito boa…

2h23 – “Even Fox News”… Obama reage com uma boa tirada…

2h25 – Mccain tenta puxar do seu currículo de ter lutado contra Bush e o seu próprio partido. E isto é verdade. Mas os eleitores querem fugir de tudo o que tenha a ver com o GOP. E isso é tem contado nas sondagens.

2h26 – Bob Schieffer faz uma excelente pergunta. Os candidatos têm-se vilipendiado durante esta campanha. Que os candidatos tenham a coragem que repetir os ataques cara a cara.

2h31 – Mccain refere os ataques que sofreu de John Lewis e que Obama não os condenou. E diz que Obama é o candidato que gastou mais dinheiro em anúncios negativos na história americana. Além disso, se o candidato democrata tivesse aceite os debates em formato town hall meeting, o tom poderia ser diferente. Obama responde, dizendo também a verdade, que os anúncios de Mccain na última semana foram 100% negativos. Obama critica o tom negativo da campanha republicana, e refere que também é essa a percepção do público americano. Mccain aborda os vários exemplos de anúncios negativos de Obama que não são verdade. Claro que não refere que a campanha dele também tem feito o mesmo. A verdade: nenhum candidato repetiu os ataques que têm feito durante a campanha. Uma parte interessante do debate.

2h35 – Obama agora parece o antigo candidato do inicio das primárias, criticando o “the same old politics“. Mas Mccain marcou agora mais pontos, ao falar no orgulho que tem nos seus apoiantes. E referiu que as alarvidades que são ditas nos seus comícios também tem paralelos nos comícios de Obama, e nem por isso considera que o candidato responsável por isso.

2h40 – Mccain refere abertamente ACORN e Bill Ayers, citando também Hillary Clinton. Obama falar sobre a sua relação com Bill Ayers e diz que isso é a peça central da campanha de Mccain. Repetiu os argumentos que já tinham sido mencionados anteriormente pela sua campanha, também relativamente à ACORN. Obama refere que os seus conselheiros são Warren Buffett, Dick Lugar, Joe Biden ou Paul Volcker. Parece-me que o candidato democrata acabou por sair-se muito bem nesta parte do debate.

2h45 – Os Veeps: Obama fala nas qualidades de Biden, algo que gera consensos na sociedade. Mais difícil é a resposta de Mccain, que tem de explicar a razão porque os americanos devem confiar que Palin será uma boa Presidente, caso lhe aconteça algo. Bob Schieffer está a fazer perguntas interessantes: “Pensa que ela é qualificada para ser Presidente?”. Obama responde graciosamente, e isso caí bem no eleitorado. Mccain responde no mesmo tom, mas acrescenta que Biden tem estado errado em assuntos em política externa. Como ter votado contra a primeira guerra do golfo.

2h46 – Energia e mudanças climáticas. Este tema até pode ser favorável a Mccain. Vamos ver.

2h50 – Mccain é um republicano diferente. E por isso tem credibilidade ao falar na redução de dependência em energia estrangeira. A aposta na energia nuclear e noutras energias renováveis é um plano popular, que Obama também defende, com excepção da aposta na primeira. Neste aspecto, as suas posições, apesar da retórica, não são muito diferentes.

2h53 – Obama muda o assunto para o proteccionismo académico. É um tema popular, que pode arranjar problemas a Mccain. Ele defende que é pró comércio livre. O candidato republicano é inteligente, e relembra o papel de Bill Clinton na extensão dos acordos de comércio livre na década de 90. E aconselha Obama a viajar até à América do Sul para conhecer a realidade dos negócios entre os EUA e a Colômbia e México.

2h56 -Obama refere que para haver comércio livre, as regras terão de ser as mesmas em ambos os países. Acredito que Mccain poderá ter alguma razão nesta matéria, mas os argumentos de Obama são populares.

2h56 – Saúde. Um tema que abertamente favorece os democratas.

3h01 – Obama apresenta o seu plano para a saúde, tentado demonstrar que será bom para os americanos, e que não vai contra a liberdade individual de cada um. Enquanto os democratas pretendem que seja o estado a fornecer o dinheiro para os que não têm seguro de saúde, os republicanos pretendem dar benefícios fiscais para uso na saúde. Mais uma vez, Joe the plumber volta ao debate. As diferenças ideológicas são evidentes entre os candidatos. Pelo clima actual, acredito que mais uma vez os democratas levam vantagem nesta área

3h05 – Obama leva vantagem na saúde. Mccain puxou pelos argumentos republicanos que, neste momento, não são muito populares.

3h06 – Supremo Tribunal de Justiça. Uma boa pergunta.

3h11 – Mccain defende a sua posição que não deseja nomear juízes para o Supremo Tribunal que deseje legislar através do Tribunal. Mas diz que não é por alguém seja a favor do aborto que perde qualificações para ser nomeado. Obama defende que é favor da decisão de Roe Vs Wade, mas acabar por concordar a posição de Mccain, em não legislar-se através do STJ.

3h13 – Mccain diz que Obama conseguiu votar “present” diversas vezes no senado do Illinois. Isto não é novo, e já tinha vindo a lume nas primárias democratas. O candidato democrata repete a mesma argumentação da época.

3h16 – Obama é contra o aborto, mas está a ter um discurso conciliador com os pro-life. Quem é radical nesta posição não irá votar Obama, mas os moderados poderão ficar sensibilizados nesta matéria.

3h18 – A educação. Obama promete recrutar uma nova geração de professores, para mudar o sistema. Promete ainda tornar a universidade mais acessível aos estudantes. Interessante como adopta uma mensagem conservadora na abordagem ao papel das famílias.

3h20 – Mccain volta a repetir os argumentos conservadores, que não é preciso investir mais dinheiro para melhorar a educação. Mas não deixa de criticar o actual estado das escolas e universidades na América.

2h24 – Obama e Mccain trocaram argumentos relativamente à educação. Ninguém terá saído muito beneficiado, pelo menos na minha visão portuguesa. Ambos explicaram a sua visão, e não conhecendo a realidade do ensino americano, diria que Obama pretende investir mais dinheiro federal, e Mccain pretende distribuir vouchers pelos estudantes.

2h28 – Mccain apela aos americanos para acreditaram nas suas capacidades de liderança para ser Presidente  nestes tempos difíceis. E refere a saúde e educação como temas em que irá melhorar a vida das pessoas. Termina com um discurso de apelo ao coração aos americanos.

2h30 – Obama acaba o debate relembrando que o legado republicano dos últimos oito anos, aproveitando-se do clima desfavorável para Mccain. E aborda algumas das políticas que pretende implementar. Não terminou de muito forte.


Responses

  1. Mcain está algo diferente mas insuficiente.
    Está com ideias especificas, a ver vamos.
    Ainda está no incio…!

  2. Obama responde bem, dizendo q os votos q fez no Senado foram para as propostas boas que aconteceram no Administração Bush.

  3. Grande início de McCain. Isto promete! E por que é que McCain não disse antes aquela deixa do “tivesse concurrido há 4 anos”? Foi brilhante!

  4. Mcain mt bem a distanciar-se de Bush.

  5. Mcain está em vantagem

  6. Mcain armado em santinho…a dizer q acho repudiante a questão do terrorismo ligado ao Obama, qd foi ele q meteu isso na sua campanha!

  7. grande resposta de Obama, dizendo q a campanha de Mcain tem sido 100% campanha suja, dizendo q os americanos querem discutir assuntos uteis e importantes!
    Interessante humildade ao dizer q “gostaria q Mcain falasse de assuntos economicos e uteis”
    Bom ataque de Obama.

  8. Está curioso o gráfico das reacções dos indecisos em real time: basicamente as mulheres tendem a concordar mais com Obama e os homens com McCain.

  9. GRande ataque de Obama ligando à Palin dizendo q Obama é terrorista.

  10. McCain estava a ir bem e agora deixou a discussão ir para um campo que diverte os comentadores políticos mas não interessa aos independentes nem aos indecisos… “Tu és negativo”. “Não sou não”. “És és”. Isto não é nada.

  11. debate empatado.

  12. Obama vem de novo pra questao de economia, bem jogado, q o importante n sao campanhas sujas, mas mostrar aos americanos ideias especificas.

  13. Ayers vêm à tona e Obama responde de forma brutal…a ver vamos como contra-responderá Mcain

  14. Mcain desvia-se bem dos ataques dizendo: “nao vou aumentar os impostos e Obama vai”

  15. Pelo menos está a ser bem mais interessante que os dois últimos. Vamos ver se continua…

  16. Mcain tá com ideias interessantes e especificas pra economia. Pq n falou delas nos anteriores debates?

  17. debate com saudavel disputa! ta bom este debate.

  18. Mcain precisa de ser mt superior pra ganhar mts pontos e n ta a conseguir! Sobre a dependencia do petroleo Mcain pouco falou e agora Obama está a falar bem, especificamente.

  19. “temos capacidades para expandir produção interna do combustivel” – boa tira.

  20. quis dizer, boa de tira de Obama

  21. volta à questão dos impostos e bem, Mcain ganha pontos.

  22. Obama continua no seu tom sereno e presidencial.

  23. Na energia não há muita diferença. Mas não gosto pessoalmente do populismo de McCain no tema do “off-shore drilling”. Neste tema sinto-me mais próximo da Esquerda tradicional, por isso dou um ponto a Obama. Mas confesso que sou parcial! (Nuno, preciso da tua neutralidade para equilibrar as coisas!).

  24. ainda n tirou nenhum coelho da cartola, Mcain está a perder tempo, será q ta a guardar pra o fim?

  25. Obama deu um exemplo da questao de cobertura de saude sobre duas senhoras. ficou bem este exemplo, populista, mas ficou bem.

  26. Obama está mt centrado pra os telespectadores…dar a ideia q tá preocupado com os americanos, interessante pormenor.

  27. McCain começou bem, mas está a descambar. Ele parece estar a disparar para todo o lado, sem apresentar respostas especificas. E, na minha opinião, o john McCain tem um aspecto fisico sofrivel. A nivel estetico, teria que trabalhar muito mais…e isso conta tanto como as ideias. Preciso lembrar JFK v Nixon?

  28. “vamos segurar os cuidados de saude a todos os americanos” – populismo de Obama, mas fica mt bem nos americanos.

  29. Mcain está em queda…Obama já ta em vantagem.

  30. Brutal discurso sobre saude de Obama, mts pontos. Mcain terá de responder mt bem.

  31. Mcain ta a rir mt … tira pontos.

  32. mt demagogo Mcain, mas dá pontos.

  33. Obama responde pra camera e forma concisa nao se rindo, ganha pontos.

  34. um bocado à rasca Mcain na questão do aborto, até se engasgou…fraquinho.

  35. Obama fala mais sobre o aborto, sobre conselhos espirituais pra mulheres, liberdades individuais…mas não toca mt no assunto, pois é sensivel e acaba dando um exemplo das desigualdade e referindo q Mcain apoiou tais. bem jogado.

  36. Mcain responde bem, de forma suave e serena, conseguindo evitar a custo a questão juridica.

  37. Obama responde bem e à letra, bem jogado.

  38. falando na unificação pra defender gravidez indesejadas…e outras coisas interessantes. ganha pontos.

  39. “…evitar gravidez” e nao defender… (enganei-me)

    começa agora a educação, a ver vamos, mas Obama deverá ganhar neste tema.

  40. Obama fala das medidas especificas para a educação, admito q sao boas e populares e dá pontos. a ver vamos Mcain

  41. faltam 10m pra o fim do debate e ainda n saiu um grande coelho da cartola por parte de Mcain, ta mau pra ele.

  42. pouco ou nada diz sobre educação a n ser “concorrência entre escolas” , fraquinho de Mcain sobre educação. Obama volta ao Bush sobre o fracasso deste para a educação ligando um pouco à Mcain, ganha pontos

  43. um ataque directo de Obama e Mcain reage com uma cara algo irritada e cinica, -1 ponto pra Mcain

  44. 5m pra o fim, creio q n haverá coelho grande nennhum a retirar por Mcain.

  45. Mcain interrompe com sorriso cinico, -1ponto.

  46. Julgo que Maccain está visivelmente melhor do que nos ultimos debates…mas obama está a aguentar bem os ataques…até porque a pressão está toda do lado do candidato republicano.

  47. começam os discursos finais, Mcain faz um bom discurso, mt geral, mas com um tom esperançoso e corajoso, ganha pontos.

  48. Obama repete a formula da sua campanha “Mudança” da economia, fala da juventude, realista dizendo q n vai ser “rapido nem facil” e fala num tom unificador…q todos os americanos devem ajudar pra ultrapssar a crise.
    termina bem.

  49. fim.
    em termos gerais foi um debate mais produtivo q os anteriores.

  50. De longe o debate mais interessante dos 3…estava a ver que nao existia um debate onde existisse uma mínima comunicacao e troca de ideias entre os 2.

  51. veredicto:
    empate.

  52. Mcain n arriscou mt, creio q o coelho da cartola ainda vai saltar pra outras semanas.
    na minha opiniao, sem duvida um empate:
    inicio mt bom de Mcain, fim bom pra Obama.

    melhor debate de Mcain sem duvida, mas atacou pouquissimo.
    Obama o mesmo, sereno e defensivo!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: