Publicado por: Nuno Gouveia | Outubro 23, 2008

“Long shot” for Mccain

Cada vez fica mais difícil encontrar um caminho para a vitória republicana. Mas como neste momento é muito mais interessante (e improvável diga-se) de perspectivar uma estratégia vencedora para Mccain, deixo aqui o meu testemunho. Antes porém, resta-me dizer que hoje foram publicadas sondagens “assassinas” para o ticket republicano, e portanto, este é um exercício puramente especulativo, e como tal, muito improvável de se realizar.

Não vejo alternativa a Mccain, sem ser segurar a vitória nos estados que elegeram W. Bush em 2004. Com a dinâmica de vitória de Obama no Iowa e Novo México, Obama apenas precisará de vencer os estados Kerry e um destes oito (Colorado, Virgínia, Carolina do Norte, Indiana, Ohio, Florida, Missouri e Nevada).

Neste momento, Mccain tem o Iowa e Novo México completamente perdidos. E li notícias que a sua campanha preparava-se para abandonar o Colorado. Se isso for verdade, Mccain já está a admitir a derrota, pois ninguém acredita que tenha reais hipóteses de vencer a Pennsylvania.

A Pennsylvania. Este é um dos dois estados que votaram Kerry em 2004 (o outro é New Hampshire) que os republicanos acreditam que podem vencer. Ora, e apesar das notícias que dão conta que os democratas ainda estão preocupados com este estado, as sondagens têm dado amplamente vantagens de dois dígitos para Obama. Uma reviravolta neste estado seria sinal que Mccain recuperaria muito a nível nacional. O que me parece impossível.

Portanto, para Mccain vencer, terá que recuperar quatro ou cinco pontos a nível nacional, e segurar os bastiões republicanos. E não tem margem para falhas: Terá de vencer todos os estados de Bush.

Em primeiro lugar, tem de segurar os estados do sul, a Carolina do Norte e a Virgínia. Se o primeiro ainda mostra sondagens competitivas, a maior parte dos inquéritos no segundo dão uma ampla vantagem a Obama. Apesar de não votar democrata desde 1964, o crescimento demográfico do estado rebelde na guerra da secessão tem criado condições para eleger, nos últimos anos, candidatos democratas para os vários cargos de governo. Por isso esta vantagem de Obama não surpreende ninguém. Sem ganhar os dois estados do sul, isto para não falar da Georgia, que também tem sido uma ligeira aposta de Obama, Mccain não terá a mínima hipótese.

Depois o Midwest. Mccain ainda tentou competir no Wisconsin, Michigan e Minnesota. Mas sempre foram apostas pouco consistentes. Resta-lhe segurar os bastiões republicanos de W. Bush: o Ohio e Missouri. Isto para não falar no Indiana, que vota republicano desde 1964. As sondagens (não estou a falar das da Big Ten e Quinnipiac, porque se estas transmitirem a realidade, a corrida acabou) continuam a mostrar que Mccain pode vencer nestes estados.

A Florida, o estado talismã do GOP, tem uma forte máquina republicana. Apesar das sondagens negativas, Mccain ainda pode segurar o Sunshine State. Mas para isso terá de dedicar mais recursos, e ter o apoio empenhado de Charlie Crist. Mccain não gastou um tostão até o inicio de Setembro no estado, e isso prejudicou a sua mensagem. E os cubanos, que têm sido um suporte, poderão facilmente ser “atiçados” a votar contra Obama: Basta fazer uns anúncios com Fidel Castro com protagonista.

Por fim, o Oeste. Como não me parece credível que Mccain tenha possibilidades na Pennsylvania, e por isso terá que manter o Nevada e o Colorado. Se o estado de Las Vegas continua ao alcance de Mccain, o Colorado nem por isso. E as noticias que Mccain estaria a “abandonar” os esforços neste estado, são terríveis para as aspirações do GOP. Quando estive em Minneapolis, falei com um activista republicano de Denver, que me explicou que esse estado era, como a América, maioritariamente de centro direita. Mas os republicanos foram muito prejudicados na comunidade hispânica, por causa dos esforços dos radicais republicanos anti-imigração. E por isso, seria complicado que um estado com muitos hispânicos votar republicano este ano. E o Colorado é um desses estados. E de ressalvar que a demografia eleitoral tem favorecido os democratas nos últimos anos.

Como se pode ver, Mccain tem de ganhar todos estes estados para ser eleito a 4 de Novembro. E não ter surpresas noutros estados, como o Dakota do Norte, Montana e Georgia. Olhando para as sondagens, o mais certo que é apenas vença num ou noutro estado. Será que alguém acredita em milagres?


Responses

  1. Análise interessante.

    Grande abraço!

  2. Fantastica Analise!

    Quanto a pergunta. Acredito em milagres…mas definitivamente Deus não é republicano…

  3. Tem havido queixas de eleitores que já votaram e que repararam que os seus votos em Obama tinham ficado registados como tivessem votado em McCain.

    O problema é que só conseguem resolver o erro se o detectarem no interior da sala de voto, têm que se dirigir à mesa e apresentar queixa mais o comprovativo do voto. Se saírem da sala perdem o direito de queixa e o sentido de voto não pode ser mudado.

    A vulnerabilidade destas máquinas de voto pode levar a sérios problemas.

    Outro problema que me falaram e que já ouvi são os telefonemas robot de McCain, muito chatos e de mau-gosto, muito jogo sujo da parte dos Republicanos.

    É preciso que todos saiam para as ruas, vão até a casa dos vizinhos e amigos, falem com todos eles, abram os olhos deles. A América pode mudar mas precisa da ajuda de todos e dia 4 que ninguém fique em casa!

  4. O Ou.
    MacCain esta vendo alarme de incêndio na turbina esquerda, ainda bem que desta vez está sobrevoando território americano:

    Barack Obama – 306 (259 “consistentes” e 47 “tendência”)

    John McCain – 160 (137 “consistentes” e 23 “tendência”)

    Indefinidos – 72 (Flórida, Carolina do Norte, Indiana, Missouri, Nevada e Dakota do Norte)

    14 pesquisas nacionais compiladas pelo RCP entre dia 16 e ontem, na qual Obama sustenta margem de 7,4 pontos:

    Obama – 50,1%

    McCain – 42,7%

  5. Como disse há dias McCain só ganha se Cristo descer à terra e lhe declarar apoio.

    Quer nos mapas do RCP quer da CNN (que desde a barraca de 2000 em que deu Gore como vencedor não arrisca) Obama tem mais de 300 grandes eleitores. E no RCP são dados como tendencialmente para Obama estados em que a vantagem é de mais de 7 pontos. Para McCain ganhar teria de ganhar esses estados e todos os que ainda estão indecisos ( e em muitos deles Obama vai à frente).

  6. É claro que Deus não é Republicano..o Lado Negro da Força o é..A luz é Democrata..assim como a criptonita que detona as forças do Superman ufanista.

  7. Quando disse que Deus não é republicano, também quis dizer que ele também não é democrata, ou seja, Deus não vai interferir na eleição…acho que nem as igrejas deviam se envolver em eleições, acho que estado e religião são coisas distintas, nos EUA é claro isso não acontece…as igrejas entram de cabeça na disputa.

  8. Concordo com Marcelo.
    Acredito que os membros da igreja de Sarah Palin representam um microcósmo do que seria a América ultra-conservadora. Acho que ñ sobraria espaço nem pros Judeus.

    Abraço à todos!

  9. É curioso que aquilo q os Americanos tentam combater no mundo, ou seja, o fanatismo religioso, é um dos seus maiores problemas internos.

  10. Na minha opiniao, ninguem devia interferir nas campanhas, nem igrejas, nem empresas e muito menos os meios de comunicaçao, cada pessoa, individualmente deve ouvir as propostas dos candidatos, pensar sobre elas e, tomar a sua decisao, sem ser influenciada por nada nem ninguem. Claro que as igrejas teem as suas opinioes e, todos sabem o que cada uma delas defende, assim como os jornalistas, que existem para informar e nao para influenciar, pois podem perder a sua isençao ao tomarem partido por alguem e quanto as empresas ainda é pior, pois, por detras dos apoios podem estar interesses obscuros. Mas isto seria um mundo ideal onde todos nós pensariamos pelas nossas próprias cabeças, mas ainda estamos muito longe disso.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: