Publicado por: Nuno Gouveia | Outubro 31, 2008

Conselhos a Obama

Nesta fase da corrida, e depois de ter derrotado Hillary Clinton nas primárias, chegar a quatro dias das eleições com vantagens entre os quatro e dez por cento, pouco haverá a dizer sobre a campanha de Barack Obama. Há muito tempo que se sabia que o ano de 2008 seria bom para os democratas. Depois da vitória nas intercalares de 2006, e com a popularidade de George W. Bush nas ruas da amargura, pouca gente apostava numa derrota democrata. Mas as previsões apontavam para que fosse Hillary Clinton a vencedora. Mas Obama, com uma campanha baseada na gigantesca operação da Internet, desafiou as convicções dos analistas, e está perto de ser eleito Presidente dos Estados Unidos. O primeiro afro-americano a chegar ao cargo.

Nesta fase da corrida, os estrategas de Obama sabem perfeitamente o que fazer. No entanto, deixo aqui quatro ideias:

Continuar na aposta avassaladora de publicidade televisiva. Continuar nos blue states, mas centrar-se nos red states da Virgínia, Carolina do Norte, Colorado, Nevada, Indiana, Missouri, Ohio, Florida, Georgia. Manter permanência nas emissões do Arizona, Dakotas, Montana, não porque pode vencer aqui, mas porque enerva os republicanos. E parece-me que alguns dos investimentos dos democratas serviram mais para causar perturbação nas hostes republicanas do que propriamente conquistar votos eleitorais. E essa estratégia resultou em cheio.

Em termos de comícios, centrar Biden e Obama na Virgínia, Carolina do Norte, Ohio, Missouri e Florida. Sendo certo que uma vitória num destes estados quase que garante a Casa Branca. Distribuir os muitos políticos com peso eleitoral que o Partido Democrata tem neste momento pelos vários estados em disputa. Bill Richardson no Colorado, Nevada e Novo México, Bill Clinton na Florida, Hillary no Ohio e Pennsylvania ou Ted Strickland no Ohio, por exemplo.

Manter Biden sobre rigoroso escrutínio. Joe Biden acabou por fazer uma boa campanha, não cometendo muitas gaffes. Tem sido um bom campaigner e isso trouxe estabilidade ao ticket. Mas nesta recta final, é bom que continue assim.

Reforçar a mobilização dos milhões de voluntários, e apelar à participação dos jovens e minorias, os eleitores que menos participam em actos eleitorais e que constituem a base dos seus apoiantes. A dramatização poderá levar muita gente às urnas, e é fundamental passar a mensagem que as eleições ainda não estão ganhas. A melhor forma de se perder umas eleições é pensar que o seu desfecho já está decidido antes de as pessoas votarem.


Responses

  1. Hoje 31 de outubro de 2008 a revista de The Economist (revista britânica de 165 anos!) declara apoio segundo ela sincero

    “Quanto a apresentar um futuro mais luminoso para os EUA e o mundo, o senhor Obama elaborou um retrato mais convincente e mais detalhado. Ele vem fazendo campanha com mais estilo, inteligência e disciplina que seu adversário”, disse a publicação. “O senhor Obama merece a Presidência”, afirmou a revista semanal, que possui um grande público leitor nos EUA.

    Abraço à todos!

  2. http://www.huffingtonpost.com/2008/10/31/mccain-palin-supporter-st_n_139711.html

    Este quer ser Joe the Dumber.

  3. Joe the Dumber há, há, há! Ele podia ao menor tirar aquela toquinha e assumir uma branca pontiaguda de uns 30cm.

  4. Já sei onde vou ajudar. Na próxima 2ª chego a New Jersey onde vou estar com mais 14 europeus, somos todos voluntários e o nosso trabalho no dia 4 é ir de casa em casa, buscar as pessoas idosas, levá-las até às respectivas mesas de voto e depois colocá-las novamente nas suas casas.

    Vai ser uma experiência para nunca mais esquecer🙂

  5. Caro pataponi, com essa disposição acho que nem preciso perguntar em que lado está nesta eleição.

    Abraço e parabens pelo previlégio

  6. Pataponi:

    Nao e para chatear mas em New Jersey a vantagem de Obama e de 15%. A meia hora de comboio tem Philadelphia, que e Pensylvania e a 1 hora tem Washington. E so atravessar o potomac e tem Georgetown, Virginia.

    E la que deve centrar os seus esforcos. Sejaqual for o seu lado da barricada.

    Em New Jersey sera so o prazer que contribuir para um direito civico de muito cidadao.

    Um abraco e boa viagem.

  7. Sim, mas as pessoas idosas têm muita dificuldade em se deslocar porque na América tudo é gigante, mesmo os quarteirões das cidades são 4 – 6 vezes maiores que os das cidades portuguesas. Eu costumo ir muitas vezes para Los Angeles em trabalho e a Avenida onde fico tem sómente 60 kilómetros de comprimento, a Santa Mónica Boulevard.

    Os voluntários estão espalhados em todos os estados apenas para colaborar neste serviço, porque é essencial, se a pessoa não tem ajuda ela não vai e não vota, por iisso as pessoas são préviamente contactadas, é marcada a hora e depois é só ir buscá-las.

    O meu lado é Obama, desde que o ouvi pela primeira vez me recordou Bobbie Kenedy e acho que ele é Aquele que pode mudar a América.

  8. Pataponi:

    Obama e o politico mais carismatico de que me recordo. Em bBril de 2007 estive como convencao da minha area profissional em San Diego. Por coincidencia decorria a convencao democrata da California no mesmo centro de convencoes. Tive entao oprtunidade de ouvir Obama ao vivo. Impressiona. Nao so pela eloquencia do seu discurso, mas sobretudo pela gestao que faz dos silencios.

  9. Um dos discursos mais fabulosos que ouvi na minha vida foi o da vitória na noite do caucus do Iowa. Ao seguir em directo aquele discurso, senti que estava ali um político que iria marcar uma geração.

    As pessoas podem falar do discurso da DNC ou da noite do New Hampshire, que também foi muito bom, mas o melhor desta campanha terá sido mesmo no Iowa.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: