Publicado por: Nuno Gouveia | Novembro 1, 2008

Pennsylvania – a última batalha de Mccain?

Quando Barack Obama liderava com diferenças de dois dígitos em quase todas as sondagens, John Mccain tomou a decisão de continuar a lutar na Pennsylvania. Com a sua campanha em perda em vários red states, e depois de ter retirado do Michigan, Mccain verificou que a sua única possibilidade de chegar à Casa Branca era competir no estado que votou Gore e Kerry nas últimas duas eleições, e que os republicanos não vencem desde 1988.

Hoje foi publicada uma sondagem da Rasmussen que coloca Mccain a 4% de Obama na Pennsylvania, e o Governador democrata, Ed Rendell defendeu que a corrida é bem mais renhida que as sondagens indicam. Além disso, estão milhares de voluntários republicanos de todo o país a trabalhar no esforço de GOTV para tentar capturar os seus importantes 21 votos eleitorais.

Dito isto, não é crível que Mccain conquiste a Pennsylvania, mas a forma com está a competir no estado demonstra que “never surrender” é mesmo o lema da vida de John Mccain. E isso só valoriza esta campanha eleitoral, e a provável vitória de Barack Obama.


Responses

  1. Por isso a campanha de Obama nao esta a dormir e continua a pedir donativos.

    https://donate.barackobama.com/page/contribute/imfrontrow?source=sem-lb-polco

    Ate vendem rifas para o discurso da vitoria (ou nao) no Grant Park.

  2. Nuno, qual será então o verdadeiro cenário na PA? Estará esta sondagem da RR mais próxima da realidade ou será um outlier e a vantagem de Obama andará nos 2 dígitos?

  3. Uma adenda: Sao 500 LV. A amostra parece-me pequena demais.

  4. Ha um artigo muito interessante no Pedro Magalhaes ( ver os links do Nuno) sobre bias nas sondagens americanas. A Rasmussen e das que pendem sempre para o GOP. A do NYT e das que pende mais para os democratas.

  5. A tracking poll da PA da Morning Call dá hoje 8% de vantagem a Obama. Eu acho que a diferença deverá ser relativamente mais pequena que os dois dígitos.
    Sobre a corrida, parece-me mais provável que esta eleição acabe por ser mais renhida do que a sondagens indicam, com uma vantagem para Obama entre os 3/5 pontos.

  6. Escrevi sobre este tema da Pensilvânia no meu blogue. Estou de acordo com o Nuno, mas defendo três ideias centrais:

    1) McCain tem algumas hipóteses de vencer a PA, quer pela sua aposta, quer pelas características do Estado.

    2) Esse cenário é improvável, porque Obama tem quase tudo a seu favor (sobretudo os dados do registo partidário).

    3) Vencer a PA não é por si só garante de que McCain ganha a eleição.

  7. Concordo em absoluto com o que o José Gomes André.

    Ele até pode vencer a PA, mas se perder a Virginia e a Carolina do Norte perde as eleições, por exemplo.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: